Articles

Guiné Equatorial declara-se “empenhada” no uso oficial da Língua Portuguesa

In Língua Portuguesa Internacional, Lusofonia e Diversidade, O Mundo de Língua Portuguesa on 15 de Outubro de 2014 by ronsoar Tagged: , , , ,

Do jornal Correio do Minho (Braga, Portugal)
10 de outubro de 2014

.
O representante permanente da Guiné Equatorial na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Tito Mba Ada, garantiu em Braga, norte de Portugal, que o seu país está empenhado na implementação efetiva da Língua Portuguesa como uma das Línguas de uso oficial.

Tito Mba Ada falava durante a sessão de encerramento da Conferência Perspectivas da Língua Portuguesa, organizada em Braga no dia 9 de outubro de 2014. O evento estava a cargo da Comissão Técnica de Promoção e Difusão da Língua Portuguesa da CPLP e da Universidade do Minho.

Tito Mba Ada afirmou que a Guiné Equatorial pretende “dar um salto quantitativo na implementação e desenvolvimento da Língua Portuguesa” e espera contar com o apoio dos parceiros da CPLP nesta missão.

A Guiné Equatorial foi admitida como membro de pleno direito da CPLP durante a Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo realizada em Díli, no Timor-Leste.

O representante da Guiné Equatorial realçou que o convite para integrar a conferência em Braga “traduz o reconhecimento” do novo estatuto do país africano. “Este convite abre também a possibilidade de nos juntarmos num momento de reflexão sobre as potencialidades da Língua Portuguesa nas suas variadas vertentes”, frisou.

Tito Mba Ada afirmou que também vai contribuir para o desenvolvimento do bloco lusófono, pois “apesar de pequeno, conta com muitos recursos que são colocados à disposição desta parceira no âmbito da CPLP”.

Fátima Fonseca, representante da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, que integrou a organização, realçou que a conferência foi enriquecedora e vincou a importância de se incrementar o potencial da Língua Portuguesa, nomeadamente ao nível da produção científica e da cooperação académica entre os países da CPLP.

E o reitor da Universidade do Minho, António Cunha, afirmou que sua instituição está empenhada no desenvolvimento dos países da CPLP. “A construção do futuro assenta em parcerias”, sustentou.  :::

.
–– Extraído do jornal Correio do Minho (Braga, Portugal) ––

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: