Articles

Países da CPLP produzirão documentários para as televisões públicas da Lusofonia

In Lusofonia e Diversidade, O Mundo de Língua Portuguesa on 12 de Setembro de 2014 by ronsoar Tagged: , , , ,

Da Agência Xinhua (China)
11 de setembro de 2014

.
Os nove países que compõem a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) realizarão documentários e séries de ficção para suas televisões públicas, como parte de um programa conjunto a ser lançado em novembro.

Os responsáveis pelo sector audiovisual em Portugal e no Brasil, em uma reunião em Lisboa com o secretário-executivo da CPLP, Murade Isaac Murargy, informaram que tal programa para a realização de séries e documentários custará 2,5 milhões de euros.

O programa aprovado na quinta-feira, 11 de setembro, “permitirá aprofundar a cooperação na área do audiovisual na CPLP”, disse, ao final da reunião, o Secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura do Brasil, Mário Borgneth.

O programa consiste na criação e na produção de telesséries de ficção e de documentários, bem como a troca de conteúdos audiovisuais a serem retransmitidos pelas televisões públicas dos nove países da CPLP.

A partir de novembro, quando terá início o programa, serão convidados produtores independentes de todos os países para a apresentação de propostas.

O projeto será financiado por Portugal e Brasil, embora ainda não tenha sido definida a parcela correspondente a cada país.

Haverá “um escritório executivo para a aprovação dos conteúdos, com a participação dos Estados-membros, das autoridades cinematográficas e audiovisuais e das televisões públicas”, disse Filomena Serras Pereira, presidente do Instituto do Cinema e do Audiovisual, entidade responsável pela organização e pelo financiamento do lado da República Portuguesa.

Por sua parte, a diretora-geral da CPLP, Georgina de Mello, disse que o objetivo do projeto é apostar em mais informações, divulgação e cooperação entre os membros da CPLP.

A iniciativa também pretende divulgar conteúdos produzidos fora da CPLP, em especial nos países observadores (Georgia, Japão, Namíbia, Senegal e Turquia), bem como em outras nações através das organizações internacionais associadas à CPLP.  :::

.
–– Extraído da Agência Xinhua (China) ––

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: