Articles

Investigador da Universidade de Coimbra ajuda os computadores a “aprenderem” a Língua Portuguesa

In Defesa da Língua Portuguesa, Língua Portuguesa Internacional on 15 de Julho de 2014 by ronsoar Tagged: , , , , , , ,

Do jornal digital Ciência Hoje (Portugal)
14 de julho de 2014

.
Uma WordNet – uma espécie de dicionário próprio para ser utilizado por computadores – desenvolvida pelo investigador Hugo Gonçalo Oliveira, da Universidade de Coimbra (UC), acaba de vencer o prémio de Melhor Tese de Doutoramento em uma competição internacional promovida no âmbito da 11ª International Conference on Computational Processing of Portuguese – nome em inglês para a Conferência Internacional sobre o Processamento Computacional do Português (Propor 2014).

O evento realizado a cada dois anos entre Brasil e Portugal, irá decorrer no câmpus da Universidade de São Paulo na cidade paulista de São Carlos, Brasil, entre os dias 6 e 8 de outubro de 2014.

Na prática, o trabalho premiado pela Propor 2014, o principal evento internacional na área do processamento computacional da Língua Portuguesa, permite que os computadores entendam mais de português. Isto porque para os computadores perceberem a língua dos humanos, são necessárias várias ferramentas complexas que os “ensinem”.

Uma dessas ferramentas é precisamente a WordNet –(*)–, “uma base de dados lexical que organiza as palavras de acordo com os seus possíveis sentidos e que estão para as máquinas como os dicionários estão para os seres humanos. Serve para o computador compreender o que está escrito, no caso, em português”, esclarece o autor, Hugo Gonçalo Oliveira.

Para a Língua Portuguesa, “as WordNets existentes têm limitações ao nível da disponibilidade, método de construção e cobertura. O Onto.PT“, nome atribuído à ferramenta, “procurou ultrapassar essas limitações através da criação gratuita, de grandes dimensões e gerada de forma automática, para assim ultrapassar o tempo necessário para uma construção manual”, explica.

Recorrendo a esta ferramenta e a outras desenvolvidas, entre 2008 e 2013, no âmbito deste projeto orientado pelo investigador Paulo Gomes, os computadores “poderão compreender melhor a Língua Portuguesa, o que poderá ter impacto no desenvolvimento de melhores sistemas de pesquisa inteligente, de ajuda à escrita, ou de tradução automática, entre outros”, sublinha o também docente do Departamento de Engenharia Informática, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC).  :::

.
• Onto.PT – Construção Automática de uma Ontologia Lexical para o Português
<http://ontopt.dei.uc.pt>

.
*              *              *

–– Nota: ––
–(*)–  O WordNet é a principal base de dados lexical da língua inglesa, cujos termos estão agrupados em classes gramaticais e interligados por sinónimos cognitivos, que fornecem as relações de conceito e de significado entre eles. Foi desenvolvido pelo Laboratório de Ciência Cognitiva da Universidade de Princeton, de Nova Jersey, Estados Unidos da América.
<http://wordnet.princeton.edu/>

.
Computadores «aprendem» português em Coimbra.
Extraído do jornal digital Ciência Hoje (Portugal).
Publicado em: 14 jul. 2014.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: