Articles

Doutoramento em Sociolinguística na Universidade do Luxemburgo: Línguas e migração da África lusófona

In Lusofonia e Diversidade, O Mundo de Língua Portuguesa on 27 de Dezembro de 2013 by ronsoar Tagged: , , , , , , ,

Do Instituto Internacional da Língua Portuguesa e da Universidade do Luxemburgo

A Universidade de Luxemburgo seleciona candidatos a Doutoramento em Sociolinguística para estudos sobre línguas e migração para o Grão-Ducado da Europa.
 

.
A Faculdade de Línguas e Literatura, Ciências Humanas, Artes e Educação, da Universidade do Luxemburgo, abriu seleção de candidaturas para Doutoramento em Sociolinguística.

O candidato selecionado será membro da nova unidade de investigação de Educação e Aprendizagem, para trabalho com prazo fixo de três anos, prorrogável para mais um ano, em jornada em tempo integral de 40 horas semanais.

O selecionado ao Doutoramento em Sociolinguística trabalhará no projeto “Trajetórias e Repertórios Sociolinguísticos: identificações, interações e imaginações luso-luxo-africanas.”

O campo de estudos da tese de doutoramento serão os fenómenos sociolinguísticos da “migração real e imaginada” de cabo-verdianos ao Luxemburgo.

A meta é o preparo de uma tese de doutoramento sobre as migrações da África Lusófona, sobretudo de cabo-verdianos, para o Grão-Ducado de Luxemburgo, com pesquisas em campo no Luxemburgo e em Cabo Verde. O selecionado deve frequentar também cursos e colóquios da Escola de Doutoramento de Ciências da Educação da universidade europeia.

Os candidatos devem ter diploma ou mestrado de sociolinguística ou linguística aplicada, antropologia, Língua Portuguesa, estudos africanos e crioulística, e ter bons conhecimentos sobre análise do discurso e etnografia linguística. Além disso, devem ter boas competências em Língua Portuguesa e em inglês, francês, alemão, luxemburguês ou crioulo cabo-verdiano. Há preferência para quem participou de estudos internacionais anteriores sobre migração.

O trabalho está associado ao projeto de Sociolinguística da Globalização da universidade europeia, que “estuda etnograficamente o movimento e a mobilidade como fenómenos sociolinguísticos e investiga o impacto da migração real e imaginada da vida sociolinguística, tanto onde esses fluxos têm origem no ‘Sul’ (Guiné-Bissau e Cabo Verde) quanto onde eles encontram seus destinos (temporários) no ‘Norte’ (Luxemburgo)”, diz a página de seleção da Universidade do Luxemburgo.

Na inscrição, os candidatos devem escrever uma carta de apresentação e enviar um miniensaio com seu repertório de linguística, um currículo académico e uma cópia do diploma de mais alto grau universitário em ficheiro PDF. As inscrições são através do Portal de Emprego da Universidade do Luxemburgo até o dia 3 de janeiro de 2014.

.
–– Extraído do Instituto Internacional da Língua Portuguesa e da Universidade do Luxemburgo ––

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: