Archive for 4 de Outubro, 2013

Articles

Jogos da Lusofonia em Goa adiados para janeiro de 2014

In Lusofonia e Diversidade,O Mundo de Língua Portuguesa on 4 de Outubro de 2013 por ronsoar Tagged: ,

Da Agência Lusa e do jornal The Times of India (Índia)

O então presidente da Autoridade Desportiva de Goa, Prabhu Dessai, com a bandeira da ACOLOP durante os Jogos da Lusofonia de Lisboa em 2009 – edição dos Jogos em Goa foi adiada para o período de 18 a 29 de janeiro de 2014.
 

A Associação dos Comités Olímpicos de Língua Oficial Portuguesa (ACOLOP) decidiu em Assembleia-Geral extraordinária, realizada em Macau entre os dias 20 e 23 de setembro, adiar para janeiro de 2014 a terceira edição dos Jogos da Lusofonia.

Os Jogos da Lusofonia de Goa estavam originalmente previstos para ocorrerem de 2 a 12 de novembro deste ano. O motivo alegado do adiamento foram as constantes chuvas da monção que assola a região oeste da Índia nas últimas semanas e cujas aluviões causaram estragos nas obras de estrutura em curso para o evento desportivo.

De acordo com a decisão da ACOLOP, os Jogos da Lusofonia em Goa foram adiados para o período de 18 a 29 de janeiro de 2014.

Depois de já dada a confirmação da presença de 11 países para os próximos Jogos da Lusofonia, o presidente executivo do Comité Organizador do evento na Índia, Keshav Chandra, solicitou o adiamento, pois não teria as infraestruturas prontas a tempo.

O adiamento dos jogos “foi uma decisão unânime” dos associados da ACOLOP e “mostra a grande unidade” existente na associação, explicou Alex Vong, presidente da ACOLOP.

O mesmo responsável recordou que a “força da ACOLOP reside na solidariedade e cooperação” entre todos os membros e que “é necessário perceber que nem todos os comités olímpicos participantes” possuem as mesmas capacidades de realização.

–– Os obstáculos dos Jogos da Lusofonia e da Associação Indiana ––

A Associação Olímpica Indiana foi suspensa do Comité Olímpico Internacional por não ter assinado cláusula de boa governança da entidade olímpica mundial.

 

A organização dos Jogos da Lusofonia em Goa tem sofrido muitos obstáculos para a montagem do evento, como as dificuldades da Autoridade Desportiva de Goa quanto à obtenção de verbas para a construção dos estádios e das instalações para atenderem aos padrões internacionais.

Contudo, a inspeção da ACOLOP observou grande empenho da Autoridade Desportiva de Goa em manter dentro do prazo o cronograma de obras do Estádio Pandit Nehru em Fatorda, no distrito de Goa Sul, e da quadra poliesportiva de Taleigão, cidade vizinha a Panjim (ou Panaji).

Um novo problema foi a recente proibição imposta pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) à participação da Associação Olímpica Indiana nos eventos desportivos olímpicos. A associação da Índia havia sido banida do COI por não ter assinado a cláusula de boa governança da entidade olímpica internacional.

A medida de suspensão da Índia pelo COI deixaria os atletas anfitriões com a singular situação de não poderem atuar com a bandeira de seu país, mas com a do COI, ou da ACOLOP ou uma bandeira alternativa.

“Na Assembleia Geral, foi decidido que a Índia levantará a sua bandeira e que o hino nacional da Índia será executado somente em ocasiões cerimoniais durante os Jogos”, disse Keshav Chandra, que representou a delegação de Goa na reunião em Macau.

Uma nova Assembleia Geral da ACOLOP está programada para ocorrer no seu prazo habitual, em dezembro deste ano.  :::

.
–– Extraído da Agência Lusa e do jornal The Times of India (Índia) ––