Articles

Por mais aproximação entre a Galiza e a Lusofonia

In Língua Portuguesa Internacional, Lusofonia e Diversidade, O Mundo de Língua Portuguesa on 29 de Julho de 2013 by ronsoar Tagged: , , , , , ,

Da Agência Brasil
26 de julho de 2013

O Parlamento galego – o Paço do Hórreo – votará em setembro Iniciativa Legislativa Popular de aproximação com a Lusofonia para o ensino e a promoção da Língua Portuguesa na Galiza.
 

No mês de setembro, o Parlamento da comunidade autônoma espanhola da Galiza (equivalente a uma Assembleia Legislativa estadual no Brasil) deverá votar a Iniciativa Legislativa Popular Vicente Paz-Andrade (que tem 17 mil assinaturas) com três artigos prevendo a incorporação progressiva do Ensino do Português na grade curricular e futura exigência em concursos públicos; a recepção aberta em rádio e televisão de programação falada em português; e a participação formal da Galiza em eventos e em instituições internacionais que tenham o português como Língua oficial.

A proposta foi apresentada em maio de 2012 e admitida em abril deste ano, com apoio de todos os partidos do Parlamento – desde os que defendem a independência da Galiza até os de linha não nacionalista. Há razões políticas, culturais e econômicas para o consenso da província espanhola. Ao estimular a disseminação do português, os galegos resguardam o próprio idioma que é a origem da Língua lusitana e anterior à formação de Portugal (desde o século XII); o que ajuda a fortalecer o galego diante do avanço do castelhano (idioma que os brasileiros habitualmente chamam de espanhol).

Além do resgate histórico, a aproximação pode render dividendos financeiros. O interesse econômico é destacado na exposição de razões para a aprovação da lei. “É conhecido que a economia do Brasil é a quinta maior do mundo e a primeira de toda a América Latina. […] Também os países africanos de Língua Portuguesa, e em particular Angola, mantém algumas das economias que crescem de forma mais pronunciada nos últimos anos. […] A vantagem competitiva que para as pessoas da Galiza representa a Língua não se limita à potencialidade de estabelecer novas relações comerciais ou culturais diretas, mas ter um estatuto mediador entre blocos geográficos e linguísticos.” O Produto Interno Bruto dos oito países lusófonos fechou a última década em cerca de 2,5 trilhões de dólares [1,885 biliões de euros].

.
Clique aqui para acessar o Boletim Oficial do Parlamento da Galiza, da edição de 27 de junho, com o teor e a exposição de razões da Proposta de Lei por Iniciativa Legislativa Popular “Valentín Paz-Andrade” para o aproveitamento da Língua Portuguesa e vínculos com a Lusofonia (pp. 205.832-205.837).

.
Em entrevista à Agência Brasil, Néstor Rego, membro da executiva do partido Bloco Nacionalista Galego (BNG), que tem representação no Parlamento da Galiza, salientou que “nas relações económicas, o fator da afinidade linguística, junto com outros, como a proximidade e a complementaridade, ganham importância. Com Portugal, podemos explorar os dois primeiros. E com o Brasil – aliás, uma potência económica mundial – poderíamos, apoiando-nos na Língua comum, estabelecer uma relação económica muito interessante e mutuamente beneficiosa.” Além de apoiar a lei de iniciativa popular, o BNG apresentou ao Parlamento galego a proposta de que a Comunidade Autônoma da Galiza peça a incorporação oficial à Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Para Néstor Rego, “é preciso também que portugueses e brasileiros voltem os olhos para esta velha nação em que, há já mais de mil anos, nasceu a sua e nossa Língua”.
 

–– Aproximação da Galiza com a CPLP ––
Os galegos já tentaram por duas vezes aproximação formal com a CPLP. Em ambas ocasiões, a tentativa foi frustrada. A primeira vez foi em julho de 2011, quando Angola, ocupando a presidência pro tempore [interina] da comunidade, propôs na 16ª Reunião Ordinária do Conselho de Ministros da CPLP (realizada em Luanda) a candidatura da Fundação Academia Galega de Língua Portuguesa (entidade particular) como observadora consultiva. O pedido foi aceito inicialmente e publicado na Internet. Posteriormente, o nome da entidade galega foi retirado. A Agência Brasil teve acesso às duas versões da resolução.

Cerca de 20 dias após a reunião do Conselho de Ministros, a mesma fundação apresentou candidatura como observadora consultiva do Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), durante a 6ª Reunião Ordinária do Conselho Científico do instituto. Segundo registro publicado no Boletim da Academia Galega da Língua Portuguesa (nº 5, de 2012), o pedido deveria ter sido submetido ao Conselho de Ministros da CPLP, que se reuniu este mês em Maputo, Moçambique, mas não apreciou a demanda.

O Brasil e outros seis países da Comunidade são simpáticos à participação galega. Em Portugal, há preocupação de que o apoio à participação possa eventualmente alimentar espírito separatista na Galiza e contrariar o governo central da Espanha, principal parceiro comercial de Portugal. A Agência Brasil tentou ouvir a direção do IILP e o Instituto Camões, que representa o Governo português junto ao instituto, mas não obteve retorno. Na CPLP, a assessoria de imprensa informou que “não dispunha de informações”.

Apesar da indefinição diplomática, Néstor Rego salienta que há colaboração entre a Galiza e os países da CPLP e que estão disponíveis, por exemplo, ferramentas eletrônicas de revisão de texto e auxílio à escrita nas diferentes variantes do galego-português. “O caminho está, portanto, aberto. Agora é preciso também que portugueses e brasileiros voltem os olhos para esta velha nação em que, há já mais de mil anos, nasceu a sua e nossa Língua.”  :::

.
–– Extraído da Agência Brasil ––

*              *              *

Leia também:
A Academia Galega e a proximidade entre os idiomas português e galego – 27 de julho de 2013
Galiza e Norte de Portugal reforçam laços pelo Ensino da Língua Portuguesa – 21 de julho de 2013
Aprovada iniciativa popular de afirmação da Galiza na Lusofonia – 20 de maio de 2013

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: