Articles

Uma Cimeira Luso-Brasileira no Dia de Camões (I)

In O Mundo de Língua Portuguesa on 14 de Junho de 2013 by ronsoar Tagged: , , , , ,

Com dados da Agência Lusa, da BBC Brasil (Londres, Reino Unido), do sítio do Governo de Portugal e do jornal Expresso (Lisboa, Portugal)
11 de junho de 2013

:::  A presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, passou apenas um dia em visita oficial à capital portuguesa  :::
:::  A Cimeira Portugal-Brasil, adiada no ano passado, foi realizada em Lisboa com o primeiro-ministro Passos Coelho  :::

Aníbal Cavaco Silva e Dilma Rousseff passaram em revista a Guarda Republicana portuguesa: visita no Dia de Camões e de Portugal.
 

A presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, realizou a sua segunda visita oficial a Portugal na segunda-feira, o 10 de Junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

A primeira atividade de Dilma Rousseff em Portugal, à margem do programa oficial, foi, durante a manhã, uma visita ao antigo presidente da República Portuguesa, Mário Soares, além de uma visita à Casa do Brasil em Lisboa.

Dilma Rousseff encontrou-se à tarde em Lisboa com o presidente da República Portuguesa, Aníbal Cavaco Silva, no Palácio de Belém, em uma reunião que durou menos de uma hora, seguida de uma conferência aberta à imprensa.

Logo depois, Dilma Rousseff esteve em reunião de trabalho com o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, na residência oficial do chefe do Governo português, em São Bento. Tratava-se da realização da XI Cimeira Brasil-Portugal, previamente marcada para 6 de setembro de 2012, mas que havia sido adiada.

Ambos os chefes de Governo, na Cimeira Luso-Brasileira, confirmaram a entrada em vigor do Acordo Ortográfico de 1990, com uso obrigatório das novas regras de escrita da Língua Portuguesa em maio de 2015 em Portugal e em dezembro de 2015 no Brasil.

Os detalhes sobre a Cimeira Portugal-Brasil e o encerramento do Ano do Brasil em Portugal serão publicados em uma série de dois artigos aqui em Ventos da Lusofonia.

*              *              *

Dilma Rousseff e Aníbal Cavaco de Portugal reuniram-se por uma hora no Palácio de Belém, em Lisboa.
 

–– Passagem rápida por Lisboa ––
Esta foi a segunda viagem de Dilma Rousseff a Portugal no exercício da chefia do Estado brasileiro. Em março de 2011, ela havia permanecido por três dias para assistir à cerimónia de doutoramento honoris causa de seu antecessor no cargo, Luiz Inácio Lula da Silva, na Universidade de Coimbra, mas não pôde reunir-se com o presidente Aníbal Cavaco Silva, com o primeiro-ministro demissionário, José Sócrates, e com o então presidente da Assembleia da República, Jaime Gama – antecipou o retorno ao Brasil em virtude do falecimento do antigo vice-presidente brasileiro José Alencar.

“O Brasil tem sempre um olhar de preocupação na crise da Europa, a crise social e o desemprego, desejamos que esteja mais próxima a retoma para os povos europeus”, disse a presidenta brasileira, na conferência de imprensa no Palácio de Belém, ao lado de seu homólogo Aníbal Cavaco Silva. “Esta visita contribui para alertar os empresários brasileiros para as potencialidades de Portugal”, admitiu o presidente da República Portuguesa.

A seguir, Dilma Rousseff reuniu-se por uma hora e meia com o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho na residência oficial de São Bento, onde teve lugar a XI Cimeira Brasil-Portugal. A reunião, em sua data original, ocorreria em Brasília, antes da abertura do Ano de Portugal no Brasil, em 6 de setembro de 2012, mas fora adiada de última hora pelo gabinete do Governo brasileiro e remarcada para o Dia de Camões, em Lisboa.

Dilma Rousseff reuniu-se com o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho para a Cimeira Portugal-Brasil na residência oficial de São Bento, Lisboa.
 

De acordo com a Declaração Conjunta da XI Cimeira Brasil-Portugal, realizada “em ambiente de grande cordialidade”, os dois países abordaram aspetos sobre cooperação académica, ciência, tecnologia e inovação, mas também temas económicos, financeiros e comerciais, com compromissos específicos. Por exemplo, foi discutida a agilização do memorando de entendimento assinado entre os Ministérios da Agricultura de ambos os países para a cooperação técnica no domínio de produtos frutícolas, assim como de outro memorando relativo às áreas de energia, petróleo e recursos geológicos.

O documento de sete páginas aborda ainda temas jurídicos, consulares e de circulação de pessoas em que os dois governantes “identificaram interesses convergentes no domínio do emprego que poderão beneficiar-se de medidas facilitadoras de uma maior e melhor mobilidade profissional e da agilização de processos administrativos e burocráticos para a obtenção de vistos de trabalho”.

O Governo brasileiro agradeceu ao apoio português à candidatura brasileira à direção-geral da Organização Mundial do Comércio, bem como aos esforços por um acordo entre o Mercado Comum do Sul (Mercosul) e a União Europeia. Os dois chefes de Governo, segundo o documento, “acolheram com satisfação a formação de um novo governo inclusivo” na Guiné-Bissau e formulam votos para a realização de eleições gerais, livres e justas no país africano.

Após o encontro que se prolongou durante uma hora e meia, o primeiro-ministro da República Portuguesa, Pedro Passos Coelho, e a presidenta da República brasileira, Dilma Rousseff, concordaram com a realização da XII Cimeira no Brasil em 2014.

.
Clique aqui para ter acesso ao documento da Declaração Conjunta da XI Cimeira Brasil-Portugal, divulgado em Lisboa em 10 de junho.

.
–– A matéria continua no próximo artigo. ––

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: