Articles

Jornalistas da CPLP defendem observatórios de liberdade de imprensa

In Lusofonia e Diversidade, O Mundo de Língua Portuguesa on 3 de Maio de 2013 by ronsoar Tagged: , , ,

Da Agência Lusa
30 de abril de 2013

Jornalistas e profissionais da imprensa divulgaram declaração durante o Congresso Internacional dos Jornalistas de Língua Portuguesa em Maputo, Moçambique.
 

Jornalistas da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) defenderam, nos dias 24 e 25 de abril, em Maputo, a criação de observatórios da liberdade de imprensa em cada um dos países, para a denúncia dos atropelos à liberdade de imprensa.

A necessidade de observatórios da liberdade de imprensa foi enfatizada na declaração final do Congresso Internacional dos Jornalistas de Língua Portuguesa, realizado na semana passada na capital de Moçambique.

No documento, os jornalistas da CPLP exigem que os poderes políticos e económicos dos Estados-membros da organização se abstenham de interferir no exercício da profissão.

Os participantes ao congresso “manifestam preocupação pela excessiva concentração de órgãos de comunicação social no mesmo grupo ou grupos económico-financeiros, alinhados com o poder estabelecido, impedindo dessa forma a existência do pluralismo informativo, da diversidade de meios e do são exercício do contraditório”, dizem os profissionais da comunicação social da CPLP.

Na declaração, os jornalistas repudiam a alegada violação dos direitos dos jornalistas na Guiné-Bissau, em Angola e em Moçambique, exortando os poderes destes países para garantirem o respeito da liberdade de imprensa.

Os jornalistas “manifestam também a sua preocupação com a onda de despedimentos que tem afetado muitos profissionais em Portugal e no Brasil”, lê-se no documento.

.
–– Extraído da Agência Lusa ––

*              *              *

 

Declaração de Maputo dos Jornalistas de Língua Portuguesa

.
Os jornalistas reunidos no Congresso Internacional dos Jornalistas de Língua Portuguesa realizado em Maputo, nos dias 24 e 25 de abril, apelam ao poder político e económico que respeitem a profissão, garantindo a liberdade de imprensa e expressão enquanto fundamento do Estado de Direito e democrático.

Os participantes no Congresso defenderam nesse contexto a criação de um Observatório da Liberdade de Imprensa nos países e territórios de Língua Portuguesa.

Os participantes condenam todos os atropelos à liberdade de imprensa, que se têm vindo a verificar nalguns países de Língua Portuguesa, nomeadamente na Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

Manifestam também a sua preocupação com a onda de despedimentos que tem afetado muitos profissionais em Portugal e no Brasil.

Manifestam ainda preocupação pela excessiva concentração de órgãos de comunicação social no mesmo grupo ou grupos económico-financeiros, alinhados com o poder estabelecido, impedindo dessa forma a existência do pluralismo informativo, a diversidade de meios e do são exercício do contraditório.

Os jornalistas reunidos no Congresso apelam a todos os profissionais a observância de todas as regras éticas e deontológicas no exercício da profissão. Defenderam ainda a existência de um título profissional reconhecido em todos os países e territórios de Língua Portuguesa, objetivo prioritário para o livre exercício e defesa da profissão.

Os participantes no Congresso congratulam-se com a criação do Prémio Internacional de Jornalismo de Língua Portuguesa e defenderam ainda o reforço do intercâmbio e sinergias entre os profissionais de Língua Portuguesa.

Apelam igualmente a todos os governos que facilitem a livre circulação dos cidadãos e, em particular, dos jornalistas no espaço geográfico dos países e territórios de Língua Portuguesa.

Os participantes no Congresso Internacional dos Jornalistas de Língua Portuguesa congratulam-se pela decisão da FAJ – Federação Africana de Jornalistas – pela inclusão do português como Língua de trabalho naquela instituição. Manifestaram também o desejo de ver reforçado o intercâmbio e cooperação entre a FAJ e os jornalistas de Língua Portuguesa.

.
:::   Maputo, Moçambique, 25 de abril de 2013   :::

.
*              *              *

Leia também:
Congresso Internacional dos Jornalistas de Língua Portuguesa em Moçambique – 22 de abril de 2013

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: