Articles

Espanha: perspectiva da Língua Portuguesa em Olivença

In Defesa da Língua Portuguesa, Língua Portuguesa Internacional, Lusofonia e Diversidade on 10 de Abril de 2013 by ronsoar Tagged: , , , ,

Da Agência EFE e da Associação Cultural Além Guadiana (Olivença, Espanha)

A jornada realizada pela Associação Além Guadiana de Cultura Portuguesa destacou a presença da Língua Portuguesa como pilar da identidade bicultural da cidade de Olivença.
 

A Associação Além Guadiana de Cultura Portuguesa organizou no sábado, dia 6, na Casa da Cultura de Olivença, a jornada Perspectiva da Língua Portuguesa em Olivença e na Extremadura, sobre a situação e as perspectivas da Língua Portuguesa, no município de Olivença e na região espanhola da Extremadura.

A atividade apoiada pela Câmara Municipal de Olivença, prestou especial atenção à situação da “Língua de Camões” na cidade fronteiriça, onde a existência da Língua Portuguesa em seus aspectos etnográficos, monumentais ou linguísticos é um pilar da identidade bicultural. E para a região da Extremadura, a Língua Portuguesa é “estratégica” por razões comerciais, de geografia e de turismo, entre outros, conforme relatado em nota pela Associação Cultural Além Guadiana.

Cartaz da jornada Perspectiva da Língua Portuguesa em Olivença e na Extremadura, realizada em 6 de abril.

Representantes da comunidade educacional e de várias instituições de Portugal e Espanha estiveram presentes neste evento, como a diretora-geral do Conselho dos Professores de Educação e Cultura, María de los Ángeles Moreno Rivero; o diretor do Instituto de Direitos Humanos da Universidade de Deusto (localizada em Bilbao, no País Basco) e consultor externo do Conselho da Europa, Eduardo Ruiz Vieytez, e o presidente da Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura da Assembleia da República Portuguesa, José Ribeiro e Castro.

A jornada teve dois painéis de discussão, um focado sobre as instituições de ensino, tanto primárias quanto secundárias – “A Perspectiva dos Centros Educativos” –, e o outro sobre “A Visão Doutras Entidades Educativas e Culturais”, tais como a Universidade da Extremadura.

O evento encerrou-se com a exposição de livros “Traz-Traz”. Um dia antes, no dia 5, ocorreu na Casa da Misericórdia de Olivença a apresentação do livro do escritor natural de Portalegre, Aragonez Marques, Retratos de Pessoas em Procissão.

.
Para os organizadores, o evento baseou-se na realidade de que a Extremadura espanhola é a região com “maior interesse” pela aprendizagem do português; por isso, a atividade foi celebrada em Olivença, uma localidade de “especial simbolismo” com tudo que se relaciona com a cultura lusa.  :::

Acesse aqui o blogue da Associação Além Guadiana de Cultura Portuguesa em Olivença – Olivença, Espanha.

.
–– Extraído da Agência EFE e da Associação Cultural Além Guadiana (Olivença, Espanha) ––

*              *              *

Leia também:
Espanha: pela preservação do Português em Olivença – 26 de julho de 2012

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: