Articles

Instituto Camões e Plano Nacional de Leitura: protocolo pela Língua Portuguesa no estrangeiro

In Defesa da Língua Portuguesa, Língua Portuguesa Internacional on 6 de Abril de 2013 by ronsoar Tagged: , , , , , , ,

Do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua (Portugal)
2 de abril de 2013

O Camões, I.P. e o Plano Nacional de Leitura, do Ministério da Educação e Ciência de Portugal, firmaram protocolo para promover no estrangeiro a leitura em Língua Portuguesa.
 

O Camões – Instituto da Cooperação e da Língua celebrou em Lisboa nesta terça-feira, 2 de abril, um Protocolo de Colaboração com o Plano Nacional de Leitura (PNL), que se traduzirá na realização de iniciativas e programas destinados a promover o acesso ao livro e à leitura no estrangeiro, junto das comunidades portuguesas na diáspora e da sua Rede EPE – Ensino Português no Estrangeiro.

Nos termos do Protocolo prevê-se, nomeadamente, que o Camões, I.P. lance um concurso, que avança já no próximo ano letivo, destinado aos alunos de Língua Portuguesa nas escolas pertencentes à rede externa do instituto e, de uma forma geral, a todos os falantes de Língua Portuguesa.

O protocolo foi assinado em Lisboa, diante de José Cesário (segundo da dir. para a esq.), por Ana Paula Laborinho, do Camões, e Fernando Pinto do Amaral, do PNL.

O certame será diferenciado consoante as idades dos participantes, passando pela resposta a perguntas ou pela redação de textos (em prosa ou poesia) subordinados a temas extraídos dos livros que integram o PNL – plano este formulado pelo Ministério da Educação e Ciência, da República Portuguesa.

Para todos, o principal prémio será a oferta de livros, em uma altura em que o Camões, I.P. está a distribuir cerca de 600 bibliotecas pela Rede EPE.

Enquanto entidade parceira do Plano Nacional de Leitura, o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua desenvolverá iniciativas locais de promoção da expressão em Língua Portuguesa (leitura e escrita), orientadas para serviço público, e procurará também dinamizar a colaboração contínua de entidades e/ou indivíduos que testemunhem as suas vivências nos países onde estão radicados, nos planos cultural, social e linguístico. Uma das iniciativas previstas no Protocolo assinado nesta terça-feira em Lisboa é a organização de conferências que contem com a presença no estrangeiro de escritores de Língua Portuguesa.

O Protocolo de Colaboração com o PNL foi assinado na sede do Camões – o Palacete Seixas –, pela presidente do Camões, I.P., Ana Paula Laborinho, e pelo comissário do PNL, Fernando Pinto do Amaral, na presença do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário.  :::

Clique aqui para aceder ao sítio do Plano Nacional de Leitura, do Ministério da Educação e Ciência da República Portuguesa.

.
–– Extraído do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua ––

*              *              *

Leia também:
Bibliotecas do Instituto Camões entregues na França – 19 de janeiro de 2013

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: