Articles

Faleceu Óscar Lopes, um dos principais historiadores da literatura portuguesa

In Língua Portuguesa Internacional, O Mundo de Língua Portuguesa on 25 de Março de 2013 by ronsoar Tagged: , , , ,

Baseado em reportagem do jornal Público (Lisboa, Portugal)
22 de março de 2013


O ensaísta e crítico literário, Óscar Lopes, professor jubilado da Faculdade de Letras do Porto, faleceu esta sexta-feira, dia 22, aos 95 anos.

Considerado como um dos grandes historiadores da literatura portuguesa, é o autor de A Busca de Sentido: Questões de Literatura Portuguesa, e com o professor António José Saraiva (1917-1993), escreveu a História da Literatura Portuguesa.

Os professores Óscar Lopes e António José Saraiva foram os autores da História da Literatura Portuguesa.

Óscar Luso de Freitas Lopes nasceu em 1917 na atual freguesia de Leça da Palmeira, em Matosinhos, no Distrito do Porto. Mudou-se para Lisboa aos 19 anos, onde estudou Filologia Clássica na Faculdade de Letras. Estudou ainda disciplinas Histórico-Filosóficas na Universidade de Coimbra.

Óscar Lopes era irmão da escritora Mécia de Sena, viúva do também escritor Jorge de Sena (1919-1978). Os seus primeiros primeiros textos foram sobre música e para um pequeno jornal de Sintra, no atual Distrito de Lisboa. Tentou seguir carreira literária na juventude, chegando a escrever poesias e projetos de romances.

Óscar Lopes foi autor de uma vasta e importante obra no domínio da Linguística, em que se destaca a Gramática Simbólica do Português, além de ensaios, estudos e críticas sobre literatura e cultura portuguesas.

Militante do Partido Comunista Português desde 1944, Óscar Lopes entrou para a política “conspirando” com Vitorino Magalhães Godinho e o grupo dos socialistas liderado por António Macedo. Por causa de sua filiação política, foi preso duas vezes durante a ditadura do Estado Novo e somente chegou à docência na Faculdade de Letras do Porto após a Revolução dos Cravos em 1974.

Antes de lecionar na universidade, foi um muito respeitado e acarinhado professor de liceu, lembra Isabel Pires de Lima, catedrática da Faculdade de Letras do Porto e sua amiga. “É uma perda imensa”, disse ao jornal Público a ex-ministra da Cultura, que também entrou para a docência universitária em 1974. “Era uma das pessoas mais disponíveis que conheci. Certamente um dos maiores intelectuais portugueses do século XX. De sempre.”

Em entrevista ao mesmo jornal Público feita em 1999, Óscar Lopes disse que a ideia da História da Literatura Portuguesa partiu de António José Saraiva, em finais dos anos 1940: “Tivemos aí uns três anos para meditar. A primeira edição saiu em 1953; já o Saraiva estava em Paris e carteávamo-nos para acertar as coisas”.

–– Cavaco Silva emitiu mensagem de condolências ––
O presidente da República Portuguesa, Aníbal Cavaco Silva, enviou mensagem de condolências à família do eminente historiador da literatura.

“Foi com profundo pesar que tomei conhecimento da morte de Óscar Lopes, um dos intelectuais que mais decisivamente marcaram a cultura portuguesa ao longo do último século.

Homem de fortes convicções e grande empenhamento cívico, Óscar Lopes foi, acima de tudo, um mestre, quer para sucessivas gerações de estudantes, quer para os muitos leitores da sua vasta obra”, declarou Cavaco Silva, em mensagem publicada no sítio da Presidência da República Portuguesa na Internet.

O corpo de Óscar Lopes foi cremado no sábado no Cemitério de Matosinhos, no Porto.  :::

.
COUTINHO, Isabel; CANELAS, Lucinda. Morreu o professor e ensaísta Óscar Lopes.
Extraído do jornal Público – Lisboa, Portugal.
Publicado em: 22 mar. 2013.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: