Articles

Universidade de Aveiro: milhares de livros em linha sobre a África e o Oriente

In Lusofonia e Diversidade, O Mundo de Língua Portuguesa on 23 de Fevereiro de 2013 by ronsoar Tagged: , , , , , , ,

Do sítio Boas Notícias e da Universidade de Aveiro (Portugal)
13 de fevereiro de 2013


A Universidade de Aveiro disponibilizou recentemente, no sítio da Internet do projeto Memórias de África e do Oriente, mais de 2.500 livros referentes à história dos países de Língua Portuguesa no período colonial, quando então formavam o “Ultramar”.

De acordo com informação avançada no próprio sítio da instituição portuguesa, o Portal das Memórias de África e do Oriente, da responsabilidade da Fundação Portugal-África, pretende ser “um instrumento fundamental e pioneiro na tentativa de potenciar a memória histórica dos laços que unem Portugal e a Lusofonia, sendo deste modo uma ponte com o nosso passado comum na construção de uma identidade coletiva” destes povos.

Mais de 2.500 publicações sobre a África e o Oriente estão disponíveis para consulta em linha no sítio do projeto na Internet.
 

O sítio tem vindo a ser reforçado com a digitalização de livros e revistas que estão agora disponíveis na seção “Biblioteca Digital“. Neste momento estão digitalizadas e com livre acesso mais de 2.500 obras. O acervo digital vai desde livros da escola primária do tempo colonial até relatórios de antigos governadores das então colónias e Províncias Ultramarinas, além de outros documentos.

Entre outras obras, estão disponíveis para consulta em linha, por exemplo: os três volumes da História Geral de Cabo Verde; livros da autoria do cientista e poeta cabo-verdiano João Vário (1937-2007); toda a coleção do Boletim Geral do Ultramar; as edições da revista Soronda, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa (INEP) da Guiné-Bissau, de 1986 a 2009; o Boletim Cultural do Huambo em Angola; e O Oriente Português, boletim da Comissão de Arqueologia da Índia Portuguesa, publicado entre 1905 e 1920 e retomado de 1931 a 1940.

Em dezembro último, a plataforma quase chegou aos 354 mil registos bibliográficos e às 344 mil páginas digitalizadas, e a base de dados vai aumentando a cada dia.

O projeto Memórias de África e do Oriente existe desde setembro de 1996 e é executado pela Universidade de Aveiro e pelo Centro de Estudos sobre África e do Desenvolvimento (CESA) de Lisboa, com o apoio de instituições de Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Goa (Índia).

.
• Projeto Memórias de África e do Oriente:
<http://memoria-africa.ua.pt/>

.
–– Extraído do sítio Boas Notícias e da Universidade de Aveiro (Portugal) ––

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: