Articles

ONU, CPLP e União Africana devem atuar em missão à Guiné-Bissau

In O Mundo de Língua Portuguesa on 18 de Novembro de 2012 by ronsoar Tagged: , , ,

Da Agência Brasil
13 de novembro de 2012

O palácio da Assembleia Nacional Popular e a movimentação nas ruas próximas em Bissau: situação política no país segue tensa desde o golpe de estado ocorrido em abril deste ano.
 

Uma missão formada por representantes da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), da União Africana, da Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) e da Organização das Nações Unidas (ONU) aguarda orientações para seguir para uma ação conjunta na Guiné-Bissau. O país vive sob tensão desde o golpe militar ocorrido há sete meses.

O presidente da República Portuguesa, Aníbal Cavaco Silva, conversou no último dia 13 sobre o assunto com o secretário-executivo da CPLP, Murade Isaac Murargy. Após o encontro, Cavaco Silva disse que o grupo está à espera das orientações da União Africana, que determinará os procedimentos da missão.

O secretário-executivo da CPLP, Murade Murargy, foi recebido no Palácio de Belém, em Lisboa, pelo presidente da República Portuguesa, Aníbal Cavaco Silva.
 

Em setembro, a ONU decidiu enviar à Guiné-Bissau uma missão para avaliar a situação e recomendar medidas de estabilização. Desde o golpe militar, em abril, um governo de transição administra o país africano. A prioridade para a ONU é restabelecer a ordem das instituições democráticas.

Há informações de que, no fim deste mês, as autoridades de Guiné-Bissau se reunirão para definir os rumos do país, na sede da União Africana, em Adis-Abeba, na Etiópia. Ao ser perguntado sobre o papel da CPLP na missão, Murade Murargy disse que o objetivo é “dar as condições que os guineenses entenderem necessárias para o diálogo”.

A tensão na Guiné-Bissau também foi tema de reunião entre os ministros das Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, e de Angola, Georges Chikoti, durante a 1ª. Comissão Bilateral de Alto Nível, em Brasília, nos dias 13 e 14 deste mês.

.
–– Extraído da Agência Brasil ––

*              *              *

Leia também:
A instabilidade política na Guiné-Bissau – 01 de maio de 2012
A situação na Guiné-Bissau após o golpe de abril – 21 de julho de 2012
CPLP ameaça suspender a Guiné-Bissau – 25 de setembro de 2012

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: