Articles

Portugal: por mais investimento no Ensino de Português no Estrangeiro

In Defesa da Língua Portuguesa, Língua Portuguesa Internacional, O Mundo de Língua Portuguesa on 7 de Novembro de 2012 by ronsoar Tagged: , , , , ,

Do sítio da revista A23 (Portugal)
3 de novembro de 2012

.
Emigrantes reivindicam maior investimento do Estado no ensino da Língua Portuguesa

.
Promotores socioculturais das comunidades lusófonas, reunidos em Fátima, alertaram para o facto de os emigrantes quererem mais investimento do Estado português na Língua Portuguesa.

A falta de investimento no movimento associativo existente nas comunidades portuguesas de emigrantes, a reduzida carga horária da disciplina do português, a ausência de professores e/ou as baixas remunerações dos docentes são algumas das queixas apresentadas [durante a reunião].

O Encontro dos Promotores Socioculturais das Comunidades Portuguesas – que começou na sexta-feira [dia 2 de novembro] em Fátima e se prolongou até domingo [dia 4] – foi promovido pela Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, em parceria com a Obra Católica Portuguesa de Migrações (OCPM) e a Cáritas Portuguesa.

Dedicado ao tema “Conhecimento e partilha da realidade sociocultural das comunidades: identificação de potencialidades e necessidades”, o painel discutiu a cultura e a educação.

O Encontro dos Promotores Socioculturais das Comunidades Portuguesas, realizado em Fátima, discutiu sobre o ensino da Língua e da cultura portuguesas no estrangeiro.

“O mundo associativo espalhado pelo mundo é um setor completamente desperdiçado pelo Estado português”, já que poderia “melhorar o ensino da Língua e cultura portuguesa”, sustentou um dirigente associativo radicado na Bélgica, Pedro Rupio, lembrando que para isso “bastaria vontade política”.

Outro dos promotores socioculturais na Suíça, José Paulo da Costa defendeu que “o Estado não pode olhar para o Ensino do Português como uma despesa, mas como um investimento” e alertou para o facto de muitos professores de português estarem a pensar em regressar “devido aos salários, que são baixos e que muitas vezes só servem para pagar a casa e pouco mais”.

“[Na África do Sul], o Governo português mandou para lá uns dos professores para ensinar os miúdos, mas só são uma hora por semana, o que não é nada e só serve, se calhar, para nos calar”, criticou outro responsável associativo radicado em Pretória.

O diretor da OCPM, no final das intervenções que integrou também testemunhos de promotores socioculturais da Argentina, da Venezuela e do Brasil, reforçou a ideia de que “o ensino da Língua é fundamental e lamentou que o Estado e os sucessivos governos não tenham sabido investir nesta área”.

Sales Diniz criticou ainda os conteúdos da RTP Internacional, por entender que poderiam ser um instrumento importante na estratégia cultural do Estado português.

“A maior vergonha que temos é a RTP Internacional, que é de uma pobreza incrível de conteúdos”, lamentou.

O ensino da Língua e a promoção da cultura portuguesa no mundo é uma das missões do novo Instituto Camões –(*)–.

*              *              *

–– Nota ––
–(*)–  O então Instituto Camões foi submetido a reformas em seu estatuto pelo Decreto-Lei nº. 21, do Ministério dos Negócios Estrangeiros, da República Portuguesa, de janeiro deste ano. A partir daí, o Instituto Camões fundiu-se com o Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento (IPAD) e passou a chamar-se Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.

Leia mais em:
A fusão do IPAD com o Instituto Camões – 16 de agosto de 2012

.
Emigrantes reivindicam maior investimento do Estado no ensino da Língua Portuguesa.
Da revista A23 (Portugal).
Publicado em: 03 nov. 2012.

*              *              *

Leia também:
Portugal aprova novo regime de Ensino de Português no Estrangeiro – 14 de setembro de 2012

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: