Articles

Agências de Língua Portuguesa lançam bases para plataforma conjunta de notícias

In Defesa da Língua Portuguesa, Língua Portuguesa Internacional, O Mundo de Língua Portuguesa on 10 de Outubro de 2012 by ronsoar Tagged: , ,

Da Agência Lusa
28 de setembro de 2012

Sede da Agência Lusa em Lisboa: local das assembleia geral dos órgãos públicos de notícias dos países da Lusofonia.

No último dia 28 de setembro, as agências noticiosas mundiais de Língua Portuguesa lançaram bases para a criação de uma plataforma de informação conjunta, em uma decisão resultante da quinta assembleia geral da Aliança das Agências de Informação de Língua Portuguesa (ALP).

Do encontro, realizado em Lisboa na sede da Agência Lusa, resultou o reforço do objetivo comum das agências em “difundir e tornar amplo o conhecimento da Língua Portuguesa”, comentou Josué Isaías, administrador da Agência AngolaPress, entidade que preside atualmente a ALP.

.

.
“O objetivo é difundir e tornar amplo o conhecimento da Língua Portuguesa”, disse Josué Isaías à Lusa, admitindo que falta agora estabelecer critérios editoriais e elementos técnicos para impulsionar a plataforma.

–– Língua Portuguesa: “riqueza gigantesca” ––

Afonso Camões: “O desafio que se coloca é converter o potencial da Língua Portuguesa em negócio”.

Para o presidente do Conselho de Administração da principal agência portuguesa, Afonso Camões, a Lusa, uma “agência com mundo” com antenas noticiosas em 25 países de todos os continentes, tem um “enorme potencial de crescimento” assente na “riqueza gigantesca” que é a Língua Portuguesa, a quinta mais falada em todo o mundo, terceira em dispersão geográfica e primeira no Hemisfério Sul, nomeadamente à custa dos novos países emergentes, com o Brasil à cabeça.

No entanto, ele adverte, a presença de conteúdos em português na Internet – “nas redes sociais, na distribuição de notícias, na digitalização de espólios ou na produção científica” – é ainda “muito inferior” a 10 por cento, pelo que há que potenciar o crescimento de informação na rede.

“Ora, o desafio que se coloca às agências noticiosas de Língua Portuguesa – e a Lusa tem aqui especiais responsabilidades – é converter este potencial em negócio”, disse Afonso Camões.

A Agência Lusa lançou no dia 21 de agosto, em fase experimental, uma aplicação gratuita para o tablete digital Apple iPad, que reúne as principais notícias da agência, galerias de fotos e vídeos.

A sede da Agência Lusa, em Lisboa, foi a anfitriã, nos dias 27 e 28 de setembro, tanto da assembleia geral da ALP quanto da conferência da EANA (Aliança das Agências de Notícias Europeias). A capital portuguesa recebeu nesses dias um total de 70 delegados internacionais das empresas, entre presidentes, administradores e diretores de informação.

–– Breve histórico da ALP ––
A ALP foi fundada em julho de 1996 para reunir as agências de notícias públicas no âmbito da Lusofonia. Integram a ALP as agências públicas, estatais e oficiais de notícias: de AngolaPress (Angola), Agência Brasil (Brasil), Inforpress (Cabo Verde), ANG (Guiné-Bissau), AIM (Moçambique), Agência Lusa (Portugal), STP-Press (São Tomé e Príncipe) e ETNA (Timor-Leste).

Na reunião ocorrida em setembro último, foi dado convite formal para participação ao comando da emissora pública de televisão TDM (Teledifusão de Macau), na China.

.
–– Extraído da Agência Lusa ––

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: