Articles

EUA: estudo intensivo de imersão no Programa de Língua Portuguesa em Utah

In Defesa da Língua Portuguesa, Língua Portuguesa Internacional on 26 de Agosto de 2012 by ronsoar Tagged: , ,

:::   Os estudantes já trabalham duro no Programa de Português de Provo, no Estado norte-americano de Utah.  :::

Genelle Pugmire
do jornal Daily Herald (Provo, Utah, EUA)
18 de agosto de 2012

Estudantes e autoridades locais inauguram escola secundária em Utah: novo programa no Estado norte-americano terá aulas com imersão em Língua Portuguesa.
 

O que o Departamento de Defesa dos EUA, a Agência de Segurança Nacional [dos EUA] e a primeira série da Escola Elementar de Lakeview, na cidade de Provo, têm em comum? De acordo com Gregg Roberts, especialista em imersão bilíngue da Secretaria de Educação do Estado de Utah, a resposta é a Língua Portuguesa.

O governo dos Estados Unidos considerou o português uma língua de interesse crucial, estratégica para conhecer o futuro. A Escola Elementar de Lakeview está se juntando a outras escolas do Estado de Utah, incluindo a Escola Elementar Rocky Mountain no distrito escolar de Alpina, na preparação das crianças agora. Uma classe nova de imersão bilíngue vai começar com aulas em português, com o financiamento de um programa da Iniciativa de Aprendizagem de Línguas para a Segurança Nacional, para alunos jovens, chamado de StarTalk. A subvenção de 124 mil dólares [cerca de 100 mil euros] vai ajudar na formação de professores e nos acampamentos para estudantes de português no Estado – dos quais 10 mil dólares [cerca de 8.110 euros] foram reservados para o acampamento de Lakeview.

“Isso nos deu um baque enorme no início deste projeto”, disse Jamie Leite, diretora de Língua Portuguesa do programa de imersão bilíngue junto à Secretaria de Educação do Estado. Ela mora no bairro de Lakeview [na cidade de Provo], serviu em uma missão da Igreja Mórmon no Brasil e é casada com um brasileiro. “Há muito interesse no português e há uma grande população brasileira em Utah.”

A Escola Elementar de Lakeview, na cidade de Provo, Utah, terá aulas em português.
 

Jamie Leite esteve em Lakeview esta semana ajudando no acampamento do StarTalk para crianças. A semana de introdução à Língua Portuguesa ajuda as crianças a se acostumar com coisas tais como mudanças de classe e aulas diárias de tempo integral, antes do retorno do período escolar.

Segundo Jamie Leite, eles vão seguir o modelo de Utah, de passar metade do dia falando e aprendendo em português, e a outra metade do dia falando e aprendendo em inglês.

Na próxima semana, 54 estudantes do primeiro ano começarão o seu nível básico de um compromisso de 12 anos de imersão bilíngue com português em Lakeview. Sua professora, Lily Bueno, recém-formada em educação infantil pela Universidade Brigham Young e brasileira, nunca vai falar com eles em inglês.

Depois de uma busca para o melhor dos professores, e vários candidatos, Lily Bueno foi a escolhida, disse Jamie Leite.

“Sou uma sortuda”, disse Lily Bueno. “Essas crianças são como ‘esponjas'”. Bueno acrescentou que ficou surpresa com o quanto os alunos se esmeraram durante o acampamento do StarTalk desta semana.

De acordo com Jamie Leite, há um bom número de alunos falantes de espanhol no programa, o que significa que haverá muitos falantes trilíngues. Além disso, o português e o espanhol têm raízes comuns.

A cidade de Provo localiza-se na região central do Estado de Utah (EUA),
junto às Montanhas Rochosas.

 

–– Imersão na Língua Portuguesa ––
Lily Bueno disse que as crianças do primeiro ano estarão aprendendo as mesmas coisas que aprenderiam como na primeira série. Eles estão revendo as formas, as cores, os números e os comandos básicos. Também aprendem sobre a cultura. Eles aprenderam a dançar o samba e receberam instruções de capoeira – uma arte marcial que combina dança com luta corporal.

“Na aula de português, eles vão aprender a Língua, a matemática, os conteúdos e a cultura. Na aula de inglês, vão aprender inglês, alfabetização, matemática e estudos sociais”, disse Lily Bueno. Leite disse que as aulas de matemática das crianças serão em sua maior parte ministradas em português. Os alunos também terão aulas de ciência em ambas as línguas.

O Estado de Utah está atraindo muita atenção por causa de seus programas de imersão de línguas. De acordo com Roberts, “Tivemos bastante lista de visitantes. Quinze Estados têm vindo observar o nosso programa e isso colocou-nos na tela do radar nacional”.

Atualmente as escolas do condado de Salt Lake oferecem 34 programas de imersão bilíngue com as escolas do condado de Utah County vindo em segundo lugar com 13 programas – seis no distrito escolar de Alpine, cinco no distrito de Provo e dois no distrito de Nebo.

“Esperamos que Utah County cresça com os programas”, disse Roberts. Ele acrescentou que todas as quatro escolas de ensino fundamental ou básico no distrito de Park City são escolas bilíngues.

Roberts credita ao Poder Legislativo, ao ex-governador Jon Huntsman Jr. e ao atual governador Gary Herbert o reconhecimento do valor de as crianças aprenderem línguas de importância crucial, que será importante dominar para o ambiente de negócios no futuro.

“Estamos mais globalmente dependentes do mundo”, disse Roberts. Ele acrescentou que, até agora a Língua Portuguesa tem sido negligenciada. De acordo com Roberts, há 30 mil falantes de português em Utah – metade são falantes nativos, a outra metade são antigos missionários mórmons, entre outros.

(Tradução de Ronaldo Santos Soares.)

.


–– Iniciativa de Aprendizado de Línguas para a Segurança Nacional ––
O Programa StarTalk de ensino de línguas foi desenvolvido pelo Centro Nacional de Línguas Estrangeiras, da Universidade de Maryland, e implementado em 2006 pela Agência de Segurança Nacional e pelo Serviço Central de Segurança – órgãos do Departamento de Defesa dos EUA.

A execução do programa consiste em fornecer cursos de verão de aprendizagem de línguas para estudantes e professores nas escolas da high school e do ensino superior dos Estados do país. O programa apenas atende aos estudantes e professores de cidadania norte-americana.

O programa centra-se em línguas com grande demanda e pouca oferta – sobretudo, as consideradas de importância vital para a política externa dos EUA nos próximos anos, tais como o árabe, o persa, o hindi, o russo e o chinês.

O StarTalk atende ao escopo da Iniciativa de Aprendizado de Línguas para a Segurança Nacional (NSLI, sigla em inglês), modelo interministerial, gerenciado principalmente pelo Departamento de Estado dos EUA que envolve o ensino de línguas para uso nas relações internacionais e nas políticas de defesa nacional. O NSLI foi criado em 2006 durante a presidência de George W. Bush.

Os programas de Língua Portuguesa do StarTalk iniciaram-se em 2011.

.
• Programa StarTalk, do Centro Nacional de Línguas Estrangeiras (EUA), da Universidade de Maryland (em inglês):
<http://startalk.umd.edu/>

.
PUGMIRE, Genelle. Students already hard at work in Provo Portuguese program.
Do sítio do jornal Daily Herald – seção Local News.
Provo, Utah, Estados Unidos da América.
Publicado em: 18 ago. 2012.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: