Articles

Comunidade Lusófona de Londres ativa na Olimpíada – Adalberto Cravide

In Língua Portuguesa Internacional, Lusofonia e Diversidade on 6 de Agosto de 2012 by ronsoar Tagged: , ,

Entrevista a Vítor Matias
da RFI – Rádio França Internacional
27 de julho de 2012

Chegada da Tocha Olímpica a Londres pelo rio Tâmisa: comunidades lusófonas ativas na organização dos Jogos Olímpicos.
 

Foram precisos sete anos para preparar o evento! Londres ficou em obras durante muito tempo; os transportes tornaram-se no pesadelo diário de milhões de pessoas. O investimento financeiro foi colossal, da ordem de mais de 12 mil milhões (bilhões) de euros para ser a primeira cidade a realizar a Olímpiada três vezes. Londres receberá três milhões de turistas durante o evento. Mas o maior espectáculo desportivo do planeta arrancou hoje, com pompa e circunstância!

O sociólogo são-tomense Adalberto Cravide, residente em Londres, comentou este evento, salientando o empenho da comunidade lusófona ali radicada. Cravide é presidente da Associação dos Amigos de São Tomé e Príncipe, residente em Londres.

“Nós, lusófonos estamos também envolvidos de lés a lés. Em tudo quanto é canto, todas as comunidades estão envolvidas. A multiculturalidade e um conjunto de eventos estão a acontecer ao mesmo tempo, quer a nível desportivo, quer a nível cultural.”

O sociólogo falou em entrevista ao repórter da RFI que as comunidades lusófonas da capital britânica foram convidadas pelos organizadores dos Jogos Olímpicos para participarem do grande evento do desporto.

“Devo mencionar que Angola, por exemplo, já tem um espaço que é a Casa de Angola, que vai abrigar tanto a comunidade angolana. E nós, de São Tomé e Príncipe, por questões de recursos, nós estivemos ladeados com Portugal, como sempre, não é? E o Centro Cultural Português, é onde você também esteve presente. Mas, em cima da hora, Portugal mudou de estratégia, mudou de posição; e logo nós ficamos meio deslocados.”

Quanto a novos alojamentos para abrigar os atletas e a comunidade são-tomense:
“Ainda hoje tive contacto com uma delegação, e brevemente vamos tentar agilizar na medida do possível, no correr da semana, de forma que nós possamos juntos participar ou ter uma participação condigna, porque esse evento não nos bate sempre na mesma porta e é, portanto, uma oportunidade a não perder.”

Adalberto Cravide declarou ainda que Londres poderá contar com a ajuda da comunidade lusófona e dos produtos da Lusofonia para recuperar os investimentos feitos nos Jogos Olímpicos.

“Londres é a capital financeira internacional. Eles seguem as ideias do Adam Smith, da economia aberta de mercado. Nada há de desperdício: tudo vale e tudo vende. Os hotéis vão estar sempre cheios.”

Cravide fornece um exemplo da vitalidade do mercado inglês para produtos lusófonos: “Se você quiser fazer promoção de um produto no mercado e, a título de exemplo, Portugal tem um bom vinho, um bom azeite, tem um conjunto de coisas; e o mercado brasileiro não há melhor que no Reino Unido. Portanto, este é um mercado com muito potencial.”  :::

.
 Ouça a entrevista de Adalberto Cravide feita a Vítor Matias, da RFI – Rádio França Internacional.

.
MATIAS, Vítor. Comunidade lusófona de Londres participa activamente nos J.O.
Extraído da RFI – Rádio França Internacional – Paris, França.
Publicado em: 27 jul. 2012.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: