Articles

Macau: Português como “língua internacional” de trabalho para intérpretes

In Língua Portuguesa Internacional, O Mundo de Língua Portuguesa on 9 de Julho de 2012 by ronsoar Tagged: , , ,

Dos jornais Ponto Final e Tribuna de Macau
Macau, China
3 de julho de 2012

O Instituto Politécnico de Macau hospeda a cada ano um seminário para formação
de tradutores e intérpretes para a Língua Portuguesa.

.

Durante as próximas duas semanas, o Instituto Politécnico de Macau acolhe pelo terceiro ano consecutivo, o Seminário de Formação de Formadores em Interpretação de Língua Portuguesa. A iniciativa – a terceira do género – é coorganizada pela Direção-Geral de Interpretação da Comissão Europeia e marca o regresso dos especialistas de tradução da unidade portuguesa desse órgão – Fernando Leitão e Pedro Elston.

O diretor da Escola de Línguas e Tradução do Instituto Politécnico de Macau, Choi Wai Hao, declarou que “o tradutor de Língua Portuguesa é muito popular na China”, dando sinais de um futuro promissor para a Língua no Leste na Ásia.

“Em 2010, o primeiro seminário foi direcionado para o ensino de interpretação. Percorremos todo o percurso de aprendizagem de um curso típico de interpretação e conferências, do ponto de vista do professor. No ano passado, debruçámo-nos sobre a interpretação consecutiva. Este ano, tudo é mais prático e destina-se a intérpretes de tradução simultânea”, esclareceu ontem Fernando Leitão, na sessão de abertura do seminário, no Instituto Politécnico.

“Língua Portuguesa favorece a visão ampliada do mundo”

Choi Wai Hao: “O tradutor de Língua Portuguesa é muito popular
na China”.

O público alvo da formação são professores universitários de Língua Portuguesa das províncias do interior da República Popular da China. E lá também há um intérprete-tradutor do Ministério dos Negócios Estrangeiros da China. A iniciativa deixa mostras do estreitamento das relações entre a China e os países da Lusofonia, sobretudo nas áreas económica e comercial.

“Estive quatro anos em Angola e estou há dois meses a trabalhar no ministério, na China. A minha função é mais política, na área da diplomacia”, explicou Han Songyu, para quem o português favoreceu a “visão ampliada” que tem do mundo: “Tenho muitos amigos lusófonos e posso ouvir as opiniões dos mais de 200 milhões de falantes da Língua Portuguesa.”

Choi Wai Hao afirmou que a iniciativa para aperfeiçoar os docentes universitários chineses no ensino do português “faz muito sentido”, pois Macau “dispõe dos melhores recursos em termos de ambiente cultural”, com vantagens únicas no campo do ensino da Língua.

As potencialidades parecem ser grandes, mas há factos incontornáveis que Pedro Elston faz questão de relembrar quando diz que “a utilização universal do inglês é praticamente impossível de resistir”. No entanto, a possibilidade de usar o português na China “já é uma vitória”.

Pedro Elston declarou ainda que o Instituto Politécnico é “instituição de referência em Macau” quanto ao ensino do português, e que o seminário “serve o multilinguismo e permite o multilinguismo”. Segundo ele, o crescimento dos negócios em escala mundial promoveu a demanda pelo trabalho dos intérpretes-tradutores, que não ficam mais limitados a usar apenas uma ou duas línguas de trabalho.

Política é motor para os intérpretes —
A criação do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, em 2003, correspondeu a uma maior procura de profissionais qualificados na área do português. Resultado? O número de universidades no Continente que oferecem licenciaturas de Língua Portuguesa subiu de três para 15.

Fernando Leitão: “O português é Língua
com que, a partir da China, se deve contar”.

Segundo Fernando Leitão, este aumento vai ao en-contro da “fase de grande implantação internacional” que a Língua Portuguesa está a experimentar. Algo bem diferente daquilo que observou quando iniciou a carreira.

“Quando comecei a trabalhar, há 20 anos, lembro-me que o português era a quinta língua mais falada no mundo, mas não era uma língua internacional do mundo das conferências. Hoje, é língua oficial em várias organizações internacionais, como a União Africana, o Mercosul e a União Europeia. Podemos dizer que a Língua Portuguesa está a tornar-se numa língua internacional de conferências e está também a dotar-se dos meios que o permitem sê-lo”, argumentou.

Questionado sobre o papel de Portugal na afirmação do português, Fernando Leitão diz que “têm sido feitos esforços” e dá um exemplo que nos leva a Moçambique: “Há um mestrado de formação de intérpretes de conferência em Maputo que está a ser financiado, em parte, pelo Instituto Camões. Será uma fonte de abastecimento das necessidades de interpretação de conferências em África.”

Ainda não é certo que os dois formadores da Direção-Geral de Interpretação da Comissão Europeia, que já participaram na formação de intérpretes da função pública, regressem a Macau no próximo ano. Quanto à ideia de repetir o projeto em uma universidade do interior da China, Fernando Leitão adiantou que essa “tem sido uma possibilidade falada várias vezes”.

Fernando Leitão conclui por dizer que no panorama mundial de hoje, com o papel de ascensão desempenhado tanto pela China quanto pelos países lusófonos, esta iniciativa surge para mostrar que os intérpretes não precisam depender de uma língua só para trabalho, pois “o português também é uma língua com que, a partir da China, se deve contar”.

.

— Extraído dos jornais Ponto Final e Tribuna de Macau (Macau, China) —
Publicado em: 03 jul. 2012.

Uma resposta to “Macau: Português como “língua internacional” de trabalho para intérpretes”

  1. países lusófonos, sei…….. se não fosse o Brasil o idioma não iria crescer 1 por cento

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: