Articles

Delegação da CPLP visita a Guiné Equatorial

In Língua Portuguesa Internacional, O Mundo de Língua Portuguesa on 4 de Julho de 2012 by ronsoar Tagged: , ,

Delegação da CPLP visita a Guiné Equatorial
Do blogue Periodista Digital – Madri, Espanha
2 de julho de 2012.

Catedral de Malabo, capital da Guiné Equatorial.

.

Uma delegação da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) visitou Malabo nos dias 25 e 26 de junho para avaliar in situ (no local) a possível adesão do país à Comunidade Lusófona.

A CPLP foi constituída em 1996, e é composta por oito Estados-membros: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

Na ocasião em que foi formada a CPLP, a Guiné Equatorial solicitou o estatuto de observador; contudo, só pôde sê-lo dez anos depois – julho de 2006 –, quando foi aceita como observador associado durante a Cimeira de Bissau.

Finalmente, em 2010, a Guiné Equatorial manifestou seu pedido para ser admitida como membro de pleno direito. Nesse mesmo ano, iniciaram-se as negociações na Cimeira de Luanda e a Assembleia Nacional da Guiné Equatorial aprovou o idioma português como terceira língua oficial do país, junto ao espanhol e ao francês.

Descoberta pelos portugueses, a Guiné Equatorial foi colônia portuguesa entre os séculos XV e XVIII; porém, foi cedida à Espanha pelo Tratado de Santo Ildefonso em 1777. Tornou-se independente em 1968 como o único país africano de língua oficial espanhola, falada pela grande maioria da população.

Missão da CPLP em Malabo

Reunidos, em Malabo (da esq. para a dir.), o secretário de Estado de Angola, Manuel Augusto; o ministro do Exterior da Guiné Equatorial, Pedro Nguema; e o secretário executivo da CPLP, Domingos Simões Pereira.

A missão da Presidência e do Secretariado Executivo da CPLP era encabeçada por Manuel Augusto, secretário de Estado das Relações Exteriores da República de Angola, e integrada por Domingos Simões Pereira, secretário executivo da CPLP.

Por sua parte, a delegação do Governo da República da Guiné Equatorial era dirigida por Pedro Ela Nguema, ministro delegado de Assuntos Exteriores e Cooperação.

Segundo informou uma nota do Ministério das Relações Exteriores de Angola, o objetivo do encontro era avaliar o grau de cumprimento do Programa e Plano de Ação de Adesão da República da Guiné Equatorial à CPLP como membro de pleno direito.

De acordo com publicação do Escritório Equato-Guineano de Informação e Imprensa, o secretário de Estado de Angola, em nome de sua delegação, saudou o Governo da Guiné Equatorial pela disposição que está mostrando para entrar na CPLP e por seu trabalho no exercício da presidência da União Africana.

Entre os objetivos que deve cumprir a Guiné Equatorial, encontram-se o Plano de Ação de Difusão da Língua Portuguesa; o plano de reforço das capacidades administrativas e institucionais; o plano de reabilitação e conservação da memória histórica e cultural; e a promoção e integração da sociedade civil nas atividades da CPLP.

(Tradução de Ronaldo Santos Soares.)


Guinea Ecuatorial, a un paso para adherirse a la CPLP.
Do sítio Periodista Digital – Madri, Espanha.
Publicado em: 2 jul. 2012.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: