Articles

Relações comerciais China-Lusofonia já movimentam 31,2 bilhões de euros em quatro meses

In O Mundo de Língua Portuguesa on 13 de Junho de 2012 by ronsoar Tagged: , , , ,

.

Comércio da China com países de língua portuguesa aumentou 22% até abril para 31,2 bilhões (mil milhões) de euros

As trocas comerciais entre a China e os países da CPLP aumentaram 22 por cento até abril, atingindo 31,2 bilhões (mil milhões) de euros, indicam dados hoje divulgados.

De acordo com as estatísticas dos Serviços da Alfândega da China, Pequim comprou aos oito países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) bens no valor de 22 bilhões (mil milhões) de euros, ou seja, mais 28% do que o apurado nos primeiros quatro meses do ano passado.

.

Por outro lado, a segunda maior economia mundial exportou para a Lusofonia produtos avaliados em 9,3 bilhões (mil milhões) de euros – montante que reflete uma subida anual na ordem dos 11,4%.

– China-Brasil: comércio bilateral deverá exceder 80,2 bilhões (mil milhões) de euros no ano de 2012 –

Marco Maia e Wen Jiabao cumprimentam-se em Pequim.
(Foto: Xinhua)

O primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, saudou o “rápido desenvol-vimento” das relações sino-brasileiras, salientando que o comércio bilateral deverá exceder 80,2 bilhões (mil milhões) de euros em 2012, disse na sexta-feira, dia 8, a agência noticiosa oficial chinesa Xinhua.

Num encontro com o presidente da Câmara dos Deputados do Brasil, Marco Maia, Wen Jiabao, realçou que a “pragmática cooperação” entre os dois países registou “notáveis melhorias” e que “o impacto mundial da relação China-Brasil está a crescer de dia para dia”, indicou a mesma fonte.

.

Marco Maia encerrou no domingo, dia 10, uma visita de oito dias à China, país que se tornou em 2009 o maior parceiro comercial do Brasil, ultrapassando os Estados Unidos.

Compras da China a Portugal aumentaram 67,1% entre janeiro e abril —

A China comprou a Portugal, entre janeiro e abril, produtos no valor de 394 milhões de euros: mais 67,1% do que nos primeiros quatro meses de 2011.

Já para Portugal – o terceiro parceiro comercial da China na Lusofonia, atrás do Brasil e de Angola –, seguiram mercadorias chinesas avaliadas em 596 milhões de euros até abril: menos 18% do que no período homólogo de 2011, indicam estatísticas divulgadas hoje pelos Serviços da Alfândega da China.

Não obstante a significativa subida das compras chinesas a Portugal, as trocas comerciais luso-chinesas cresceram apenas 2,8%, para um total de 989 milhões de euros.

A China estabeleceu a Região Administrativa Especial de Macau como a sua plataforma para o reforço da cooperação económica e comercial com os países de língua portuguesa no ano de 2003, quando estabeleceu o fórum que reúne ao nível ministerial de três em três anos.

.

— Da revista Visão, do diário Expresso e da Agência Lusa —

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: