Articles

França: Aristides de Sousa Mendes pode ser nome de moderna ponte em Bordeaux

In O Mundo de Língua Portuguesa on 31 de Maio de 2012 by ronsoar

A nova ponte de Bordeaux pode receber o nome de Aristides de Sousa Mendes.

A ponte, em construção, situa-se sobre o rio Garona, entre a ponte d’Aquitaine e a “Ponte de Pedra” (Pont de Pierre). Feita com estrutura de concreto armado e aço, a ponte terá 575 metros de extensão por 43 metros de largura.

A ponte tem o nome provisório de Bacalan-Bastide, pois ligará os bairros de Bacalan, na margem esquerda do Garona, e Bastide, na margem direita.

Será uma ponte levadiça, a ser levantada por quatro pilares de 77 metros de altura cada um, o que permitirá o trânsito de grandes embarcações sobre o rio Garona. Está em estudos o plano de colocar mirantes no topo de cada pilar, para a visitação pública.

O custo total das obras da ponte ficou orçado em 145 milhões de euros. As obras iniciaram-se em dezembro de 2009 e sua inauguração está prevista para o início de 2013.

Petição portuguesa a Alain Juppé

Alain Juppé, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros da França,
é o atual prefeito de Bordeaux.

Uma delegação de deputados portugueses da Assembleia da República enviou recentemente uma petição ao prefeito de Bordeaux, Alain Juppé – ex-ministro dos Negócios Estrangeiros da França do governo Sarkozy.

No documento, os parlamentares pedem-lhe que seja considerada a escolha do nome de Aristides de Sousa Mendes para batizar a nova ponte de Bordeaux.

A petição foi assinada pelos deputados António Rodrigues, Emídio Guerreiro, Carlos Gonçalves e Carlos Abreu Amorim – todos do Partido Social Democrata (PSD).

“Tomamos conhecimento de que a nova ponte neste momento em construção na cidade que V. Exª. dirige considera como uma das possibilidades promover o reconhecimento do papel desta personalidade portuguesa mediante a atribuição do seu nome à nova ponte”, diz a carta entregue pelos parlamentares portugueses a Alain Juppé.

Os quatro deputados dizem-se “convictos da nobreza de tal designação, no reconhecimento da atitude humanista de Aristides Sousa Mendes” e declaram “o seu apoio a tal atribuição”, considerando ainda que “tal atitude dignifica não apenas o diplomata português, mas igualmente a entidade que a assume”.

Aristides de Sousa Mendes

Aristides de Sousa Mendes foi cônsul-geral de Portugal em Bordeaux e salvou milhares de pessoas do Holocausto nazista.

Aristides de Sousa Mendes (1885-1954) foi cônsul-geral de Portugal em Bordeaux na época da Segunda Guerra Mundial. Seu nome é celebre no mundo por ter salvado milhares e milhares de judeus do Holocausto e da perseguição nazista durante a ocupação do território francês por tropas alemãs.

Contrariando ordens do regime salazarista, Sousa Mendes emitiu cerca de 30 mil vistos de entrada em Portugal para milhares de refugiados, sem olhar a etnia ou a nacionalidade – presume-se que, dos quais, cerca de 10 mil eram judeus.

Porém, em julho de 1940, Sousa Mendes foi destituído do cargo de diplomata e foi proibido, por ordem direta de António de Oliveira Salazar, de exercer a advocacia em Portugal. Pai de 14 filhos, Aristides de Sousa Mendes faleceu muito pobre, em abril de 1954.

Reconhecimento póstumo
Em 1966, o nome de Aristides de Sousa Mendes começou a ter reconhecimento internacional: o Memorial do Holocausto (Yad Vashem), em Jerusalém, concedeu-lhe homenagem póstuma e o título de “Justo entre as Nações”.

Em 1987, a República Portuguesa ofereceu à família de Sousa Mendes pedido público de desculpas e condecoração póstuma da Ordem da Liberdade. E em 1998, o Governo português entregou a Sousa Mendes outra condecoração póstuma com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito.

Este ano, a biografia de Aristides de Sousa Mendes ganhou versão para o cinema: o filme português O Cônsul de Bordéus foi produzido com a direção de Francisco Manso e João Corrêa, em homenagem ao grande diplomata que arriscou a sua carreira para salvar milhares de vidas.

(Postado por Ronaldo Santos Soares.)

2 Respostas to “França: Aristides de Sousa Mendes pode ser nome de moderna ponte em Bordeaux”

  1. Excelente iniciativa! Seria muito bom perpetuar o nome de Aristides de Sousa Mendes e principalmente a sua mensagem à Humanidade.

    Uma iniciativa igual decorre em Portugal, desde Dezembro de 2008, para atribuir também o seu nome, à nova ponte sobre o Tejo. Já que Sousa Mendes é Português, faria todo o sentido ter em Portugal uma homenagem à sua altura. Facto que não se verifica.

    Esperemos que os Franceses não se importem, e em vez de homenagearem um cidadão Francês, o façam a um estrangeiro!

    Parabéns à iniciativa.

    • Vamos desejar para que essa iniciativa torne-se realidade na França e na nova ponte entre Barreiro e Chelas. Trata-se de um nome que não é apenas português ou somente da Lusofonia, mas de um nome que defendeu valores universais e merece ser universal.
      Muito obrigado, Michael, pelo comentário!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: