Articles

Moçambique assume a presidência rotativa da SADC

In O Mundo de Língua Portuguesa on 22 de Agosto de 2012 by ronsoar Tagged: , ,

Do Jornal de Angola (Luanda) e da Agência AngolaPress

Os chefes de Estado e de Governo dos países do sul da África reuniram-se na 32ª. Cimeira da SADC, realizada entre os dias 17 e 18 de agosto em Maputo, Moçambique.
 

Reuniram-se por dois dias em Maputo, capital de Moçambique, os chefes de Estado e de Governo da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC). A 32ª. Cimeira da SADC, ocorrida nos dias 17 e 18 de agosto, serviu para debater questões antigas como o impasse político em Madagáscar, a instabilidade no Zimbabué e o conflito no norte da República Democrática do Congo – além da recente crise Malauí-Tanzânia, quanto à fronteira do Lago Niassa.

O encontro envolveu a passagem da presidência rotativa da entidade de Angola para Moçambique. O Estado moçambicano assume assim a presidência rotativa da organização regional. Maputo comprometeu-se a, nos próximos 12 meses, promover ações que facilitem a circulação de pessoas e bens nos Estados-membros com vista a acelerar a integração regional.

Durante a cerimónia inaugural, sexta-feira, da Cimeira, o chefe de Estado da República de Moçambique, Armando Guebuza, que assumiu a presidência anual rotativa da SADC em substituição ao presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, considerou que a SADC tem registado “progressos significativos na implementação da sua agenda de paz e estabilidade”, lembrando, contudo, que “a pobreza continua presente” na região.

Moçambique, que sucede Angola à frente da SADC, escolheu como tema da Cimeira Os Corredores de Desenvolvimento: Veículo para a Integração Regional da SADC, sobre as vias de comunicação e de transportes dos países do sul da África.

A Cimeira dos líderes da SADC marcou a transferência para Moçambique
da presidência rotativa da entidade para os próximos 12 meses.

 

–– Angola envia felicitações a Moçambique ––
O vice-presidente da República de Angola, Fernando da Piedade Dias dos Santos, foi, no dia 17, recebido em audiência pelo Chefe de Estado moçambicano, Armando Guebuza, a quem entregou uma mensagem do seu homólogo angolano, José Eduardo dos Santos.

Fernando da Piedade dos Santos disse, no final do encontro, ter aproveitado a ocasião para informar o presidente Guebuza sobre a evolução do processo eleitoral em Angola. O vice-presidente angolano justificou a ausência de José Eduardo dos Santos na 32ª. Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da SADC com imperativos eleitorais.

O vice-presidente de Angola, Fernando da Piedade dos Santos, cumprimenta o presidente de Moçambique, Armando Guebuza.
 

“Estamos nos últimos 15 dias da realização das eleições no país e há um empenho pessoal do Presidente da República neste processo”, afirmou à imprensa Fernando da Piedade dos Santos.

Relativamente à mensagem de José Eduardo dos Santos para o seu homólogo moçambicano, Fernando da Piedade dos Santos avançou que o Governo angolano “felicita e encoraja” o presidente Guebuza pelo facto de Moçambique assumir a presidência da região austral do continente.

“O Presidente da República deseja que Moçambique tenha um bom desempenho, exercício do qual Angola está plenamente confiante, tendo em conta o seu pragmatismo e experiência”, afirmou Piedade dos Santos, que se mostrou otimista quanto à assunção do “País do Índico” à presidência rotativa da SADC.

*             *             *

Da Cimeira de Maputo da SADC, estiveram presentes o presidente do Zimbabué, Robert Mugabe; o presidente da África do Sul, Jacob Zuma; o antigo presidente de Madagáscar, Marc Ravalomanana; e o atual presidente de transição de Madagáscar, Andry Rajoelina.

Integram a SADC: Angola, África do Sul, Botsuana, Namíbia, Tanzânia, República Democrática do Congo, Ilhas Maurícias, Ilhas Seychelles, Malauí, Suazilândia, Lesoto, Zimbábue, Moçambique e Zâmbia. Madagáscar está suspenso da comunidade desde o golpe de estado de 2009 que provocou a ruptura da ordem constitucional daquele país.

A presidência rotativa da SADC era exercida por Angola desde agosto de 2011 e agora foi transferida para Moçambique..

A sede da SADC localiza-se em Gaborone, capital do Botsuana, e o português é uma das línguas oficiais, ao lado do inglês e do francês. O atual secretário-geral da organização é o moçambicano Tomás Salomão, no cargo desde 2005.

.
–– Extraído do Jornal de Angola (Luanda) e da Agência AngolaPress ––

2 Respostas to “Moçambique assume a presidência rotativa da SADC”

  1. Qual e a espectativa da SADC para este ano quanto aos fenominos naturais e de conflitos em Mocambique?

  2. Gostei muito ler, e agradeço muito pela corange do moçambique.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 95 outros seguidores

%d bloggers like this: